A

Amplitude térmica

 

termometroAmplitude térmica é a diferença entre a temperatura máxima e a temperatura mínima registradas num determinado período de tempo. 

 

 

 

Anemómetro

 

anemómetroInstrumento que permite medir a intensidade do vento. 

 

 

 

Atmosfera

 

camadasatmosferaÉ a camada de ar formada por uma mistura de gases que envolve a superfície terrestre e mantida por ação da gravidade. 

É composta predominantemente por azoto, 78%,  21% de oxigénio e 1% de outros gases, como o dióxido de carbono e  uma quantidade variável de vapor de água.

As camadas da atmosfera, juntas, compõem uma extensão de aproximadamente 1000 km.

 

 

B

Barómetro

 

barometroInstrumento utilizado para medir a pressão atmosférica.

Existem, essencialmente, dois tipos de barómetros:

 

Barómetro de cisterna -  O mais simples e antigo é o de mercúrio.

Inventado por Torricelli, consistia de um tubo (fechado numa das extremidades) contendo mercúrio.

A altura desta coluna de mercúrio é uma medida da pressão atmosférica. É possível usar outros líquido mas o princípio de funcionamento deste barómetros é basicamente o mesmo do de mercúrio;

 

Barómetro aneroide - Baseiam-se na deformação de uma cápsula metálica de parede fina e fechada em vácuo.

C

Ciclone

 

cicloneUm ciclone tropical é um termo genérico em meteorologia. 

É uma região em que o ar relativamente quente se eleva e favorece a formação de nuvens e precipitação. 

Produz uma convergência de ventos que se movem no sentido horário no Hemisfério Sul e no sentido anti-horário no Hemisfério Norte.

É, portanto, um sistema rotativo e organizado de nuvens e tempestades que se originaram em águas tropicais ou subtropicais.

Dependendo de sua localização geográfica e de sua intensidade, os ciclones tropicais têm várias designações (IPMA): -  furacões (hurricanes) no Oceano Atlântico Norte - Golfo do México, Caraíbas e na região Leste dos Estados Unidos;   -  tufão no Oceano Pacífico Norte, na região Oeste dos Estados Unidos, Japão e China. Nas Filipinas são apelidados por baguios;   -  ciclone tropical severo na região sudoeste do Oceano Pacífico, Austrália, Nova Zelândia, Indonésia, etc.;   -  tempestade ciclónica severa na região norte do Oceano Índico, Índia, Bangladesh, Paquistão, etc.;   -  ciclone tropical na região sudoeste do Oceano Índico, Madagáscar, Moçambique, Quénia, etc.

ciclones

Clima

 

climaÉ a síntese das condições médias do tempo em determinado local, medido durante um longo período.

É descrito pelo conjunto de todos os estados que a atmosfera pode ter num determinado local, durante um tempo longo, em geral 30 anos.

 

 

Tipos de clima (Classificação de Koppen - IPMA):

  • Clima Tropical Húmido;
  • Clima Seco;
  • Clima Temperado com Inverno suave;
  • Clima Temperado com Inverno rigoroso;
  • Clima Polar.

D

Depressão tropical

 

depressaotropicalCiclone tropical com velocidade dos ventos contínuos em superfície não superior a 61km/h

 

E

Efeito de estufa

 

efeitoestufaFenómeno associado, principalmente, à presença de dióxido de carbono e vapor de água na atmosfera.

Estes gases deixam os raios solares atravessarem a atmosfera, mas impedem que parte do aquecimento resultante retorne para o espaço.

Como resultado, ocorre uma elevação da temperatura observada na parte mais baixa da atmosfera.

El Niño

 

elninoAquecimento cíclico (intervalos médios de 4 anos) da temperatura da água do mar no Oceano Pacífico Oriental e na costa ocidental da América do Sul.

Produz variações nos padrões climáticos em diversas regiões do planeta e que afeta a circulação geral da atmosfera.

É responsável por anos considerados secos ou muito secos. .

Estratosfera

 

camadasatmosferaÉ a camada que se sobrepõe à troposfera, atingindo a altitude de cerca de 50 km.
Na estratosfera, a temperatura mantém-se constante até à altitude de cerca de 20 km e começa então a aumentar até à estratopausa, o limite desta camada.

 

 

 

Exosfera

 

camadasatmosferaÉ a camada mais externa da atmosfera terrestre a partir da superfície, sendo a que antecede o espaço sideral.

Acima de 500 km, o movimento dos iões segue as linhas dos campos magnéticos da Terra, sendo essa última camada denominada Magnetosfera.

 

 

 

F

Furacão

 

furacaoNome dado aos ciclones tropicais com velocidade de ventos superiores a 120km/h que ocorrem no Oceano Atlântico Norte, Caraíbas, Golfo do México e no norte oriental do Oceano Pacífico.

No Pacífico ocidental o ciclone tropical é conhecido por tufão e no Oceano Índico por ciclone .

 

ciclones

G

Granizo

 

granizoPrecipitação que se origina de nuvens convectivas, como cumulonimbus, e que cai em forma de esferas ou pedaços irregulares de gelo, podendo ocorrer em diferentes tamanhos e formas. 

 

H

Humidade

 

humidadeA humidade atmosférica é a quantidade de vapor de água  na atmosfera.

A humidade absoluta é a massa de vapor de água por unidade de volume de ar húmido, expresso em g/m3.
A humidade relativa é a razão entre o conteúdo de vapor de água no ar e a sua capacidade de conter vapor de água a uma determinada temperatura. A humidade relativa é expressa como uma fração (%) . Por exemplo, 1 Kg de ar a 25 ºC está saturado quando contém 20 gramas de vapor de água. Se num determinado dia, a 20 ºC, continha 10 gramas, podemos expressar a humidade relativa como de 50 por cento (10/20). 

I

Insolação

 

insolacaoA insolação é a quantidade de radiação solar directa que incide por unidade de área e por unidade de tempo num determinado lugar da superfície da Terra.

Esta radiação solar recebida num dado lugar varia com a latitude e a inclinação do eixo de rotação da Terra em relação ao plano de órbita. 

 

Ionosfera

 

ionosferaCamada superior da termosfera constituída por eletrões e átomos ionizados pela radiação solar.

Ppor ser composta de partículas ionizadas reflete as ondas de rádio.

A altitude dessa camada também pode variar de acordo com a quantidade de energia solar absorvida e pode atingir entre 50 km a 1000 km acima da superfície terrestre.

 

J

Jet Streams

 

jetstreamsAs correntes de jato mais conhecidas são a polar e a subtropical. Formam um grande cinturão de ventos de oeste que afetam a alta e média troposfera nas regiões subtropicais e temperadas, de forma geral entre os 25º e os 55º  em cada hemisfério.
Estas correntes variam de latitude e de comportamento com as estações do ano, sendo em geral mais fracas e mais a norte no Verão e mais fortes e a sul no Inverno e são geradas pela combinação da rotação do planeta sobre o seu eixo e o aquecimento da atmosfera por radiação solar.

L

La Niña

 

laninaÉ o fenóeno que em oposição ao El Niño, consiste na diminuição da temperatura da água do mar no Oceano Pacífico Oriental e na costa ocidental da América do Sul.

Também produz variações nos padrões climáticos em diversas regiões do planeta e que afeta a circulação geral da atmosfera.

 

M

Mesosfera

 

camadasatmosferaÉ a camada que fica situada imediatamente acima da estratosfera. Nesta camada, a temperatura decresce com a altitude até ào seu limite superior, a mesopausa, a uma altitude de cerca de 80 km.

As temperaturas aproximam-se dos -90 oC.

Contém uma pequena porção de ozono e vapores de sódio.

 

 

N

Neve

 

Precneveipitação congelada, sob a forma de cristais de gelo translúcidos ou brancos, em geral em forma hexagonal e complexamente ramificados.

 

O

Orvalho

 

orvalhoCondensação, na forma de pequenas gotas de água, que se acumula nas superfícies próximas ao solo.

Esta condensação ocorre geralmente durante a noite, quando a temperatura se reduz, atingindo o ponto de orvalho.

 

P

Precipitação

 

chuva

Chama-se precipitação ou pluviosidade à água em forma de gotículas ou de cristais de gelo que provém da atmosfera e atinge a superfície.

Pode ter a forma de: chuva, chuvisco, neve, granizo, saraiva, nevoeiro, neblina, orvalho, geada ou sincelo.

Classificação da intensidade da precipitação líquida (fonte: IPMA):

a) chuva

  1. fraca, para valores menores 0,5mm/h
  2. moderada, para valores compreendidos entre 0,5 mm/h e 4mm/h
  3. forte, para valores acima 4 mm/h

b) aguaceiros de chuva

  1. fracos, para valores menores 2 mm/h
  2. moderados, para valores compreendidos entre 2 mm/h e 10 mm/h
  3. fortes, para valores compreendidos entre 10 mm/h e 50 mm/h
  4. violentos, para valores acima de 50 mm/h
Pressão atmosférica

 

pressao

A pressão atmosférica é a força exercida pelo peso do ar sobre uma determinada área.  Das unidades utilizadas destaca-se o hectopascal (hPa), definida como a força de 100 000 N exercida em uma superfície de 1m2 .

O valor padrão da pressão atmosférica ao NMM é de 101 325 Pa , definida como sendo 1 atm. 

R

Relâmpago

 

relampagoÉ a manifestação luminosa que acompanha a descarga momentânea entre duas nuvens com cargas elétricas ou entre uma nuvem e o solo. 

 

S

Sincelo

 

sincelo Gelo resultante da congelação da água em situações de nevoeiro aliado a uma temperatura de -2ºC a -8ºC.

Resulta do congelamento das gotas de água em suspensão, quando estas entram em contacto com uma superfície.

 

T

Tempo

 

tempoÉ a situação no curto prazo, ao contrário das mudanças climáticas, que são variações de longo prazo.

O tempo é definido por um conjunto de elementos atmosféricos: temperatura do ar, vento à superfície, pressão atmosférica, nebulosidade, humidade relativa do ar, etc.

A diferença entre clima e tempo está na escala temporal de cada um deles. O tempo é um estado momentâneo da atmosfera em um local específico, enquanto o clima é a síntese das variações do tempo ao longo de um longo período. O tempo e o clima são, portanto, duas formas de descrever as mesmas variáveis mas utilizando diferentes escalas temporais.

Termosfera

 

camadasatmosferaÉ a camada que recobre a mesopausa e não tem um limite superior perfeitamente definido. 

Nesta camada o ar é muito rarefeito mas as temperaturas continuam a aumentar devido à radiação solar, atingindo os 1000 oC. Esta elevada temperatura resulta da grande velocidade a que as moléculas dos gases da termosfera se deslocam. Mas, como são muito esparsas, o percurso livre das partículas é muito grande,  não há repartição uniforme da energia e no seu conjunto possuem uma insignificante quantidade de calor. 

 

 

Tornado

 

tornadoTal como o ciclone, o tornado também é um movimento de ar giratório, mas que se estabelece numa área menor com um diâmetro que não costuma ultrapassar os 2 km. Por isso são perfeitamente visíveis do solo.

 

Troposfera

 

camadasatmosferaÉ a camada em contacto com o solo, onde vivemos, onde a temperatura decresce com o aumento da altitude. 

 O limite superior desta camada denomina-se tropopausa.

 

 

 

V

Vento

 

ventoO vento é o ar atmosférico em movimento em resultado de diferenças de pressão e temperatura.

 

 

CLASSIFICAÇÃO DO VENTO (fonte: IPMA.

No que respeita ao vento é importante saber:

1) direcção do vento é indicada apenas nos seguintes oito rumos: N, NE, E, SE, S, SW, W, NW.

2) intensidade do vento, para fins gerais, será expressa (em termos de intensidade média em 10 min) por:

a) Vento fraco < 8 nós < 15 km/h

b) Vento moderado 8 a 19 nós 15 a 35 km/h

c) Vento forte 20 a 30 nós 36 a 55 km/h

d) Vento muito forte 31 a 42 nós 56 a 75 km/h

e) Vento excep. forte > 42 nós > 75 km/h